Domingo, 12 de Outubro de 2008

Será que Hollywood derruba preconceitos com personagens homossexuais?


Foram-se os dias em que o galã Rock Hudson tinha que esconder sua homossexualidade para continuar trabalhando em Hollywood, uma indústria que tende cada vez mais a derrubar preconceitos e normalizar a situação dos gays?

Em um panorama como o atual, onde personalidades como a apresentadora Ellen Degeneres, a atriz Lindsay Lohan, o ator George Takei ou o músico Clay Aiken dominam as primeiras páginas dos jornais por causa de sua orientação sexual, a indústria do entretenimento decidiu dar um passo à frente.



A televisão americana incluirá nesta temporada 16 personagens gays e bissexuais de importância em séries na faixa de maior audiência de programação, mais que o dobro do ano passado, segundo um estudo do grupo Gays e Lésbicas contra a Difamação (GLAAD, em inglês).



Neil Giuliano, presidente do GLAAD, ficou feliz com o fato de a rede de televisão "FOX" incluir este ano cinco personagens com essa orientação em seus programas, já que em 2007 não havia nenhum.



No entanto, lamentou que nenhum dos 126 personagens principais das séries da "CBS" seja gay, lésbica, bissexual ou transexual, enquanto um único personagem "recorrente", Brad, em "Rules of Engagement", é gay.



É por isso que há quem sustente que ainda existe muito caminho a percorrer.



"Cada pessoa que sai do armário é uma barreira a menos", disse à edição digital do canal "CNN" o publicitário Howard Bragman, autor do livro "Where's My Fifteen Minutes?", que trata do assunto.



Bragman, homossexual assumido, admite que hoje em dia o público é capaz de aceitar os gays de forma "mais singela", embora não "automática".



"Eu o vejo como um processo a longo prazo. A revolução terminou, agora se trata de evoluir", disse.



O publicitário se encarregou de ajudar Dick Sargent quando este revelou sua homossexualidade, em 1989, e lembra os momentos nos quais era complicado terminar filmes como "Filadélfia" (1993), pelo qual Tom Hanks ganhou o Oscar de melhor ator por interpretar o advogado gay Andrew Beckett.



Possivelmente, este deve ser o grande desafio que Hollywood ainda tem pela frente, como afirmou o ator gay Rupert Everett, popular por seu papel em "O Casamento do Meu Melhor Amigo" (1997).



"Não tenho nada do que me queixar, exceto do fato de as pessoas se perguntarem se um gay como eu pode atuar como um sapatão para dar vida a um homem heterossexual", disse.



Já Peter Sprigg, vice-presidente do grupo conservador Family Research Council, afirma que os novos personagens homossexuais na programação americana têm "propósitos propagandísticos".



"Estou convencido de que a maior parte destes personagens está aí para tentar fazer com que as pessoas aceitem a conduta homossexual", disse Sprigg ao site da "CNN".



"Nesse sentido, o resultado para a sociedade é negativo", disse ele.



Para Bryan Batt, o ator gay que acaba de assumir sua homossexualidade e que dá vida a Salvatore Romano, na série premiada com o Emmy "Mad Men", ainda há na sociedade "um pouco de homofobia".



"Mas penso que graças a papéis gays bons, honestos e positivos, será possível educar (as pessoas)", comentou.



"Acho que estamos produzindo gerações de jovens que não julgam as pessoas, nem por sua raça, nem por sua religião nem por sua sexualidade", concluiu.


publicado por o editor às 13:14
link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Outubro de 2008

3ª Mostra Cinema e Direitos Humanos


No período de 6 de outubro a 6 de novembro de 2008, a 3ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul leva a 12 capitais brasileiras o olhar singular de cineastas sul-americanos sobre temas, valores e dilemas que dizem respeito à dignidade da pessoa humana. Mais do que isso, essa terceira edição celebra os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que é em si um roteiro, um roteiro para a paz na humanidade. Um roteiro no qual somos todos atores e realizadores. Questões relativas ao universo homossexual, tráfico de drogas, aborto, tortura ou exploração; esses são alguns dos temas que estão presentes nos 182 trabalhos que fazem parte da 3ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. A curadoria é do cineasta e produtor cultural Francisco Cesar Filho, que selecionou obras de 11 países diferentes e de 12 estados brasileiros. Confira a programação e os locais de exibição no site oficial.



CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA



CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO DE CURITIBA
tags: ,

publicado por o editor às 15:11
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

BAGOAS

Bagoas

Bagoas (em persa antiga Bagoi) foi um eunuco no Império Persa no 4 º século AC. Asseguram que ele era o amante de Dario III e depois de sua morte morte, de Alexandre o Grande.

Bagoas é o narrador e personagem título de O Garoto persa (The Persian Boy), o romance histórico de Mary Renault. Ele aparece em um menor, mas ainda significativo papel na sequencia Funeral Games.


Confira aqui a sua personagem no cinema





 


publicado por o editor às 05:12
link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Outubro de 2008

No escurinho do cinema: cenas de um público implícito


No escurinho do cinema:
cenas de um público implícito

de Alexandre Fleming Câmara Vale

176 páginas



Este livro é o resultado de uma pesquisa antropológica numa das salas do cinqüentenário e hoje extinto Cine Jangada. Tendo como pano de fundo a história das salas de exibição de Fortaleza, bem como os arranjos do circuito exibidor local, Alexandre Fleming realiza, para além do exótico e do anedótico, uma reflexão etnograficamente informada sobre os guetos da cidade. Apresenta o processo reordenador da geografia das salas de exibição: no centro, a pornografia vira destino, desaparecem as grandes salas e os shoppings passam a ser a nova morada do cinema.

Á

reas e temas de interesse: antropologia, história, cinema e pornografia, homossexualismo


UM LANÇAMENTO


ANNABLUME


publicado por o editor às 12:55
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Mostra gay do Festival do Rio

Treze longas metragens formam a mostra gay do Festival do Rio.



Confira o programa completo, as salas e os horários de exibição de Mundo Gay.



. O novo mundo (Dir: Étienne Dhaene)


Há cinco anos, Lucie vive com o amor da sua vida, Marion. Quando Lucie demonstra o desejo de ter um filho, as duas enfrentam, além do problema para encontrar um doador de confiança, a resistência de suas famílias. Apesar de liberais, os pais de Lucie não aceitam a idéia de uma criança criada sem uma figura masculina. Já a religiosa mãe de Marion recusa-se a ter um neto que não seja fruto da sua filha. Ao fim de uma longa busca, Hugo, um amigo heterossexual, aceita participar do processo. Mas ele fica cada vez mais encantado com a idéia de ser pai, deixando Marion desorientada.


Terça - 30/09 - Palacio 2 14h


Terça - 30/09 -Palacio 2 19h


Quinta - 02/10 - Cine Glória - Memorial Getúlio Vargas 20h30


Sábado - 04/10 - Estação Botafogo 3 23h30



. Rainhas - Queen of Brazil (Dir: Fernanda Tornaghi, Ricardo Bruno)


Fábio, um rapaz de Rondônia, vai para o Rio de Janeiro com o objetivo de se tornar a próxima Miss Brasil Gay, um concurso nacional de beleza pouco conhecido mas que mobiliza a vida de vários rapazes em todo o país, que buscam o sonho de serem coroados a garota mais linda do Brasil


Sexta - 03/10 - Palacio 2 - 16h


Sexta - 03/10 - Palacio 2 - 20h15



. Bi the Way (Dir: Brittany Blockman, Josephine Decker)


A cortina de ferro entre gay e hétero está se levantando. Estudos recentes revelam que bissexualismo nos EUA está se tornando um fenômeno cada vez mais comum. Para a geração mais jovem, ficar com uma menina e no outro dia com um menino já não é uma grande questão. As diretoras embarcam numa viagem para explorar o mapa sexual dos EUA, investigando os mais recentes relatórios científicos e opiniões sociais sobre bissexualismo. O documentário retrata cinco bissexuais assumidos e tenta desvendar se o sucesso atual do bissexualismo é apenas uma moda passageira ou prepara uma nova revolução sexual.


Sábado - 27/09 - Estação Botafogo 1


Domingo - 28/09 - Est Barra Point 2 - 13h


Domingo - 28/09 - Est Barra Point 2 - 22h30:00


Quarta - 01/10 - Cine Glória - Memorial Getúlio Vargas - 20h30


Segunda - 06/10 - Palacio 2 - 14h



. Raquela, Uma Cinderela Com Algo A Mais - The Amazing Truth About Queen Raquela - (Dir: Olaf De Fleur Johannesson)


Raquela é uma filipina que sonha em encontrar um príncipe encantado e viver com ele na Europa. Só que ela é um transexual que ganha a vida nas ruas como prostituta. A pobreza e a dificuldade de conseguir um visto fazem de seu projeto de vida algo quase impossível. Mas quando Raquela consegue um novo emprego em um site pornô, sua sorte parece mudar. Pela internet, ela conhece Valerie, transexual islandês, e Michael, o americano dono do site. Os dois prometem ajudá-la a chegar em Paris. Vencedor do prêmio Teddy no Festival de Berlim de 2008


Sexta - 26/09 - Estação Botafogo 1 - 23h50


Segunda - 29/09 - Cine Glória - Memorial Getúlio Vargas - 20h30


Quarta - 01/10 - Est Barra Point 2 - 22h15


Quinta - 09/10 - Palacio 2 - 14h



. Corações de Mulher - Corazones de mujer - A Woman’s Heart (Davide Sordella & Pablo Benedetti)


Zina mora na Itália e está noiva. De ascendência marroquina, ela terá um casamento tradicional. Mas como não é mais virgem, Zina teme o que pode lhe acontecer. Shakira, travesti responsável por seu vestido, decide ajudá-la. Com a desculpa de procurarem o melhor vestido do mundo, os dois partem de carro para o Marrocos, onde Zina fará uma operação de reconstituição do hímen. Conforme avançam na jornada, a amizade dos dois ganha contornos mais ambíguos, e Shakira mostra-se cada vez menos decidida a fazer a roupa que irá entregar Zina a outro homem. Baseado numa história real.


Quinta - 02/10 - Palacio 2 - 16h10


Quinta - 02/10 - Palacio 2 - 20h10


Sábado - 04/10 - Est Barra Point 1 - 18h



. Garoto dos Sonhos - Dream Boy (Dir: James Bolton)


Nathan tem quinze anos e se muda com os pais para uma pequena e religiosa cidade no sul dos Estados Unidos. Um dia, ao voltar da igreja, ele repara em Roy, seu vizinho de dezessete anos que dirige o ônibus escolar. Roy tem uma namorada de quem parece gostar bastante, mas isso não impede que ele e Nathan se beijem apaixonadamente numa noite. E logo começa um romance que, dentro da conservadora cidade, precisa ser mantido em segredo. Quando dois amigos de Roy descobrem o caso, a história dos garotos sofre uma sinistra reviravolta. Baseado no romance de Jim Grimsley.


Sábado - 27/09 - Est Barra Point 1 - 16h


Domingo - 28/09 - Est Barra Point 1 -20h


Quarta - 01/10 - Palacio 2 - 16h30



. Apagar os rastros - Quemar las naves (Dir: Francisco Franco-Alba)


Sebastián e Helena, dois irmãos adolescentes, moram num casarão numa pequena cidade mexicana. Sua mãe está moribunda e os dois vivem encerrados, distantes de tudo. Inseparáveis, eles mantém uma profunda relação de dependência. Até que a mãe morre e Juan, um jovem de classe baixa, surge em suas vidas. A aparição de Juan mexe com os desejos de ambos, obrigando-os a tomar decisões em relação ao amor, ao sexo e à amizade. Para crescerem, os irmãos terão de quebrar o vínculo inseparável que sempre os regeu.


Sexta - 03/10 -Estação Botafogo 3 - 23h30


Quinta - 09/10 - Palacio 2 - 16h



. Clandestinos (Dir: Antonio Hens)


Xabi passou a infância e adolescência em reformatórios, de onde volta e meia fugia. Em uma de suas fugas, conheceu Iñaki, terrorista de meia-idade do ETA que logo virou seu mentor. Anos depois, novamente no reformatório, Xabi foge com dois amigos e sai à procura de Iñaki, na esperança de se juntar ao ETA. Iñaki está sumido, mas Xabi não desiste. Com os amigos, planeja soltar uma bomba em Madri para provar seu valor ao ETA e a Iñaki. No entanto, por trás do fanatismo ideológico, Xabi esconde uma motivação íntima que vai de encontro à realidade de qualquer organização terrorista.


Terça - 30/09 - Cine Santa - 21h


Quarta - 01/10 - Palacio 2 - 14h


Quarta - 01/10 - Palacio 2 - 19h


Domingo - 05/10 - Est Barra Point - 22h



. Uma história de amor - Chris & Don. A Love Story (Dir: Tina Mascara, Guido Santi)


Nos anos 40, o jovem Don Bachardy era apaixonado por cinema e celebridades. Aos 18 anos, conheceu o famoso escritor Christopher Isherwood, de 49 anos, cujo livro Histórias de Berlim foi a base literária do musical "Cabaret". Mesmo sob a desconfiança de todos, assumiram publicamente um romance e Don mudou-se para a casa de Christopher. Encorajado pelo parceiro, Don entrou na escola de arte, onde descobriu sua verdadeira vocação. Ele logo se tornou um grande retratista de celebridades. Ao longo dos anos, as diferenças de idade e de vida entre os dois sempre criaram obstáculos, mas o amor foi maior, e Don ficou ao lado de Christopher até sua morte, em 1986


Sábado - 27/09 - Palacio 2 - 14h


Sábado - 27/09 - Palacio 2 - 19h


Terça - 30/09 - Est Barra Point 2 - 22h15

tags: ,

publicado por o editor às 15:12
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

A Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro


A Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro de Antônio Moreno Editora EdUFF

A Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro, de Antônio Moreno, cineasta, pesquisador e professor de Cinema do Departamento de Cinema e Vídeo da UFF é na verdade um ótimo ponto de partida para compreender de como o nosso cinema trata o homossexualismo. A partir de 127 filmes de 1923 a 1996, o autor levantou as principais marcas que compõem o homossexual imaginado pelo cinema brasileiro.



Segundo ele "o tema homossexualismo era um tabu até o final da década de 60. E só sobressai quando é levada em tom de comédia. Embora se baseie em ficção, eu acho que a visão da sociedade é mostrada no livro".



A obra mostra muitos pontos que contribuem para a intolerância para com os homossexuais. Na análise das histórias narradas nos filmes está contido um universo de elementos para reflexão. A tese de Antonio Moreno transformada em livro pelas editoras UFF e Funarte, “A Personagem Homossexual no Cinema Brasileiro” traz um levantamento que é interrompido em 1996.



Doze anos depois temos muito que contar, porém avaliando a representação dos homossexuais na produção nacional até aquela época a conclusão é um tanto óbvia e em mais de 60% dos filmes analisados, os homossexuais são tratados de forma pejorativa.
























Confira aqui alguns trechos dos filmes citados e/ou analisados no livro
 

 

E.Cruz


publicado por o editor às 04:31
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008

Festival do Rio programação da mostra “Mundo Gay”





A 10ª edição do Festival do Rio já está programada para acontecer entre os dias 25 de setembro a 09 de outubro de 2008. Diversas atrações começam a se confirmar para esse que vem se tornando um dos principais festivais do cinema brasileiro.

O Festival do Rio começou em 1999, quando agrupava os dois maiores festivais do Brasil, o Rio Cine e a Mostra Rio e, atualmente, é o maior festival de cinema da América Latina, recebendo cerca de 250 mil espectadores, 380 filmes em 30 salas de cinema em toda a cidade, inclusive ,em uma arena na Praia de Copacabana.

Em 2007 o Festival trouxe 100 estréias latino-americanas e 18 estréias mundiais, incluindo o sucesso Tropa de Elite - que vendeu todos os ingressos da estréia no festival em apenas uma hora.

Este ano, o país homenageado será o Reino Unido que terá uma grande retrospectiva do polêmico Derek Jarman. Serão exibidos também, diversos premiados no Festival de Sundance - o maior evento de cinema independente nos EUA.

A cantora Madonna, que estará cantando por aqui, trará dois filmes para o festival. Um é o primeiro filme dirigido por ela: “Filth and wisdom”, já o outro é um documentário sobre sua carreira produzido por ela.

Após apresentar os selecionados da Première Brasil e os curtas que serão exibidos, o festival divulgou a seleção tão aguardada pelos cinéfilos, esperançosos por conhecerem os filmes que poderão assistir na capital carioca em 2008. Serão 350 filmes, compondo as 20 mostras, divididos em cinemas e lonas culturais montadas exclusivamente para o festival.

O festival se inicia no dia 25, com o novo trabalho de Bruno Barreto, Última Parada 174, e posteriormente, apresenta filmes aguardados como Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, Queime Depois de Ler, de Joel e Ethan Coen e Youth Without Youth, de Francis Ford Copolla. A edição 2008 ainda terá duas mostra especiais em tributo ao cultuado cineasta Derek Jarman e aos irmãos Paolo e Vittorio Taviani.

Confira os filmes selecionados para as mostras aqui.

Além do destaque para filmes de diretores consagrados, como "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen, cuja polêmica girou em torno do beijo lésbico entre Penélope Cruz e Scarlett Johansson, teremos novamente a mostra “Mundo Gay” onde serão exibidas 13 produções, com destaque para "Le nouveau monde" (The New World), único filme com temática lésbica dessa seleção. Dirigido por Etienne Dhaene, o longa retrata o relacionamento do casal Lucie e Marion, e o desejo da primeira de se tornar mãe. O filme mostra como Lucie e Marion estão apaixonadas. A sua relação fica cada vez mais intensa assim como o desejo de Lucie pela maternidade e a necessidade de compartilhar essa experiência com Marion. Mas a perspectiva de uma família traz complicações para essas jovens mulheres e todos passam a opinar sobre o assunto.


Em 2007, no Festival do Rio, dizia-se que essa era uma mostra que nasceu de um segmento então considerado um gueto. "A Mostra Gay reflete as modificações na imagem do homossexualismo e a maneira como a sociedade – no Brasil e no mundo – trata de questões fundamentais como a diversidade sexual e a multiplicidade cultural".


Confira abaixo a programação da mostra “Mundo Gay”



- "The Amazing Truth About Queen Raquela", de Olaf de Fleur Johannesson (Islândia) - "The Living End: Remixed and Remastered" (The Living End: Remixed and Remastered), de Gregg Araki (Estados Unidos) - "Tanaz Eshaghian" (Be Like Others), de Tanaz Eshaghian (Canadá) - "Quemar las naves" (Burn the Bridges), de Francisco Franco-Alba (México) - "Dream Boy" (Dream Boy), de James Bolton (Estados Unidos) - "Woman´s heart", de Kiff Kosoof (Itália) - "Improvvisamente, l´inverno scorso" (Suddenly, Last Winter), de Gustav Hofer, Luca Ragazzi (Itália) - "Clandestinos" (Clandestinos), de Antonio Hens (Espanha) - "For The Bible Tells Me So" (For the Bible tells me so), de Daniel Karslake (Estados Unidos) - "Bi the Way" (Bi the Way), de Brittany Blockman, Josephine Decker (Estados Unidos) - "Rainhas" (Queen of Brazil), de Fernanda Tornaghi, Ricardo Bruno (Brasil) - "Le nouveau monde" (The New World), de Etienne Dhaene (França) - "Chris & Don. A Love Story" (Chris & Don. A Love Story), de Tina Mascara, Guido Santi (Estados Unidos)

dê uma olhada nos trailers

aqui


Para maiores informações, acesse o site do festival:

www.festivaldorio.com.br.

Eduardo Cruz

publicado por o editor às 14:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

MOVIE IN PINK



De uma certa forma parece ser consensual que existe efetivamente um cinema GLS, não um cinema feito para consumo específico deste ou daquele grupo e sim um cinema que muitas vezes pode ser blockbuster mas com uma temática, linguagem e timing claramente GLS. Para muitos o crescimento desse segmento consolida-se com os inumeros festivais, em especial dos badalados de Lisboa e de Miami ( só para citar dois concorridos pelos brasileiros), mas colocando um pouco de fogo nas listinhas cinéfilas passamos a publicar algumas sugestões de títulos...Lá vai




clique aqui para ver nossas

indicações
tags: ,

publicado por o editor às 20:06
link do post | comentar | favorito

.FALE COM A GENTE


.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.PARCEIROS

.arquivos

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. annablume

. apicuri

. armariosemportas

. arte erótica

. artes plasticas. livro

. atelie editorial

. atualidades

. autentica

. biblioteca básica

. biografia

. bondage

. cchla-ufrn

. centro editorial e didatico da ufba

. cinema

. civilização brasileira

. coleção: humanitas

. comportamento

. comunicação

. depoimentos

. desatino

. design

. direitos humanos

. dix editorial

. e cruz

. edições gls

. ediouro

. editora fundação perseu abramo

. editora jaboticaba

. educação

. ensaio

. ensaios

. estética

. evento

. fabrica de leitura

. ficção

. ficção histórica

. fics

. fotografia

. garamond

. gay

. gays

. gênero

. global

. gls

. história

. homossexualismo

. inglês

. lançamento

. lesbicas e simpatizantes - gls

. literatura

. literatura erótica

. livro

. livro esgotado

. mensagem do editor

. mídia

. notícias

. nú masculino

. panhol

. paz e terra

. poesia

. política

. raul galalite

. record

. relançamento

. revista

. rio de janeiro

. rocco

. rosa dos tempos

. sá editora

. summus

. summus editorial

. taschen

. ufmg

. ufng

. uicamp

. unesp

. v congresso da abeh

. vivências

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds